Carregando TV, aguarde...
Fechar
Você está em: Edificação » Celulas » Perdido na casa do Pai

Perdido na casa do Pai

A- A+

Quebra-gelo: Peça para seus discípulos contarem, resumidamente, qual foi a ocasião em que eles sentiram mais profundamente a presença paternal de Deus em suas vidas.

Texto-chave: Lucas 15:11-32

Na semana passada, refletimos sobre as diferenças entre servir a Deus como filhos e como escravos. Hoje vamos aprofundar mais esse assunto, olhando para a “parábola do filho pródigo”. Normalmente, quando lemos esta história, colocamos toda a atenção no filho mais novo que saiu de casa e desperdiçou toda a herança que seu pai lhe dera. Entretanto, o filho mais velho, embora nunca tenha saído de casa, nunca se portou como filho e, por isso, não estava feliz. Vamos tentar entender o que pode nos impedir de desfrutar do melhor de Deus, mesmo sem nunca sairmos de sua casa e de sua presença...

1)  SOMENTE OBEDECER REGRAS NÃO NOS FARÁ FELIZES – vs. 29 – Esse rapaz tinha um pai generoso e cheio de amor (ele representa o nosso Pai Celestial). Tanto é verdade, que a Bíblia diz que, quando o filho mais jovem reivindicou sua herança (antes do tempo), o Pai deu, não apenas a parte dele, mas a do mais velho também (confira no vs. 12). Entretanto, ele tinha um coração de escravo, orientado por desempenho. Vivia dedicado a obedecer regras, mas não sabia desfrutar dos seus direitos. Por isso, vivia amargo... Quando, no exercício da vida cristã, nós nos concentramos apenas em cumprir obrigações, mas não desfrutamos do que Deus põe ao nosso dispor, também nos cansamos e vivemos aquém do que poderíamos.

2) SER FILHOS DE DEUS É O MAIOR PRIVILÉGIO QUE PODEMOS EXPERIMENTAR – vs. 31a – A primeira palavra do pai para mostrar o engano que aquele filho vivia foi dizer-lhe: “Meu filho!” Enquanto não descobrir-mos quem realmente somos e o que isso representa, vamos viver na pobreza, mesmo que tenhamos direito à tudo o que é de Deus... Precisamos aprender a nos relacionar com o nosso Pai, intensamente. Esse é o nosso maior poder - Leia João 1:12 e I João 3:1. 

3) A PRESENÇA DE DEUS É A NOSSA GRANDE RECOMPENSA – (vs. 31b) – Ao dizer, “tu sempre estás comigo”, este pai está tentando mostrar ao filho “resmunguento” que ele havia perdido, por tanto tempo, o seu maior direito, que era desfrutar da sua presença. Ao invés disso, aquele rapaz se ocupara somente em trabalhar para o pai... A vida cristã é muito mais do que fazer coisas, é acima de tudo relacionamento íntimo e prazeroso com Deus. Quem não entra nisso, que é um nível acima da religião, não se mantém na fé por muito tempo ou, se perseverar, não vive o melhor que poderia viver - Leia também Lucas 10:39-42 e Salmos 16:11.

4) NÓS TEMOS DIREITO À TUDO O QUE PERTENCE AO PAI – (vs. 31c) “Tudo que é meu, é teu”, foram as últimas palavras do pai àquele filho frustrado. Se ele não tinha desfrutado de nada, não era culpa do pai, mas da sua falta de iniciativa em desfrutar... É por isso que a fé é tão essencial para vivermos uma vida plena. O que muitas vezes estamos esperando que Deus nos dê (saúde, prosperidade, alegria, êxito...), na verdade já está disponível para nós. Só precisamos acessar estas bênçãos por meio da fé! - Ler Efésios 1:3-5 e Hebreus 11:6.

CONCLUSÃO - Antes de dirigir um tempo de oração com a célula, gaste um tempo incentivando seus discípulos a desenvolverem hábitos devocionais, separando um tempo de qualidade todos os dias para estarem a sós com Deus, em adoração, oração e meditação na Palavra. É isso que os levará à intimidade com o Pai...  Havendo visitantes, desafie-os a entregarem-se a Cristo, recebendo-o como seu Senhor e Salvador. Ore com eles e consolide-os.

INFORMAÇÃO IMPORTANTE – Nesta quarta-feira, dia 13, teremos o UPGRADE VIDA PLENA, às 20 h, agora na Extensão Norte. O Pr. Antonio Valente e sua equipe estarão trabalhando o tema: “O VINHO NOVO É MELHOR”. 

 

Edifique-se

Comunidade Cristã de Ribeirão Preto - Rua Japurá, 829 - Ipiranga
Ribeirão Preto SP - CEP 14055-100 - Fone: +55 16 3633-5957
comcrist@comcrist.org
Desenvolvido por Atual Interativa